Cobertura PANLAR 2021
Escuchar
Pause
Play
Stop

Lúpus: controvérsias e educação para médicos de atenção primária

Para : Estefanía Fajardo
Periodista científica de Global Rheumatology by PANLAR.



11 Agosto, 2021

"O GLADEL, Grupo Latino-Americano de Estudos do Lúpus, organiza duas sessões no Congresso PANLAR 2021."

Visualizações 221Visualizações

O Congresso PANLAR 2021 possui uma rica programação científica, na qual se destacam as sessões de discussão, workshops, bem como a formação de médicos que não necessariamente possuem especialização em Reumatologia. É o caso do GLADEL, Grupo Latino-Americano para o Estudo do Lúpus, que organiza duas sessões neste ano.

Em um deles, realizado no dia 15 de agosto, serão discutidas polêmicas sobre o LES em 2021 e o título é ‘Mudança de paradigma no manejo da nefrite lúpica’, com a Dra. Graciela Alarcón e Guillermo Pons-Estel. Serão apresentados dois grandes temas de interesse, atualmente em todo o mundo, no manejo de pacientes com nefrite lúpica, sendo o primeiro em relação ao diagnóstico, quanto a 'refazer ou não uma biópsia' em pacientes com nefrite lúpica após o tratamento destes pacientes e, de acordo com a sua evolução, existe uma tendência que diz que deve ser feita e outras que por morbimortalidade e custos dizem que não.

O Dr. Frederic Houssiau falará a favor do tema, com o objetivo de compreender melhor a anatomia patológica e avaliar a necessidade de continuar com o tratamento de manutenção, a necessidade de iniciar um novo tratamento de indução ou também interrompê-lo.

Contra ela estará a Dra. Mercedes García, da Argentina, que discutirá a morbimortalidade da biópsia renal e por que pacientes com nefrite lúpica não devem ser biopsiados de acordo com as suas características clínicas.

E o segundo grande debate que vai ocorrer é sobre o manejo da nefrite lúpica em torno de estarmos preparados para abandonar a monoterapia com micofenolato ou ciclofosfamida pela terapia dupla - com dois medicamentos para a nefrite lúpica ativa. Nesse momento, intervirão o Dr. Richard Furie, dos Estados Unidos, e o Dr. Brad Rovin, também dos Estados Unidos.

Outro workshop será no dia 14 de agosto. Será 'Isso é lúpus? Educação para médicos de atenção primária nas Américas.' É uma sessão de educação sobre doenças com três palestrantes.

A primeira é Starla Hairston, dos Estados Unidos e integrante do ACR, que abordará o conhecimento sobre o lúpus e o seu manejo por médicos de atenção primária e a experiência do American College com um programa denominado COIN.

O Guillermo Pons-Estel, da Argentina, fará uma palestra sobre as necessidades e oportunidades que temos na América Latina para melhorar a educação nesta doença, com foco em quais são as necessidades dos médicos da atenção primária para entender melhor esta doença e como você pode trabalhar nestas necessidades para gerar novas oportunidades de conhecimento. Por fim, a Dra. Cristina Drenkard, que mora nos Estados Unidos e é argentina, irá propor o programa para melhorar o conhecimento dos médicos de atenção primária no manejo do lúpus e da nefrite lúpica pelo Grupo GLADEL.

enviar Envía un artículo